A carregar...
Noticias

Noticias

Empreitada de Execução dos "Interceptores de Baião, Castelo de Paiva e Cinfães" 

 

 A SITEL SA em parceria com a SOCOPUL SA, realizou para a SIMDOURO a empreitada de execução dos "Interceptores de Baião, Castelo de Paiva e Cinfães" .Os trabalhos consistiram na construção de 5 interceptores (Interceptor de Frende, Interceptor de Bairros/Fornos/Souselo, Interceptor de Pedorido, Interceptor de Cinfães e Interceptor de Ribeira de Bestança) numa extensão aproximada de 10,1 km, 3 condutas elevatórias numa extensão aproximada total de 800 ml e 3 estações elevatórias no lugar de Louredo (Cinfães), Fornos e Pedorido  (Castelo de Paiva).


Principais equipamentos electromecânicos associados a cada uma das E.E.:


 

 E.E de Louredo 

 E.E. de Fornos E.E de Pedorido
E.E.deLouredoE.EdeFornos
E.E.dePedorido


  • Gradagem
  • Diferencial eléctrico
  • Bombas submersíveis (Caudal unitário de 13,70 l/s a 13,30 mca)
  • Válvulas de seccionamento
  • Válvulas de retenção 
  • Medidor de caudal  electromagnético
  • Quadro eléctrico + autómato
  • Grupo gerador de 22 kVA


  • Gradagem
  • Diferencial eléctrico 
  • Bombas submersíveis (Caudal unitário de 14,50 l/s a 13,32 mca)
  • Válvulas de seccionamento 
  • Válvulas de retenção
  • Medidor de caudal electromagnético 
  • Quadro eléctrico + autómato
  • Grupo gerador de 22 kVA
  •  Gradagem
  • Diferencial eléctrico
  • Bombas submersíveis (Caudal unitário de 11,50 l/s a 17,88 mca)
  • Válvulas de seccionamento
  • Válvulas de retenção
  • Medidor de caudal electromagnético
  • Quadro eléctrico + autómato 






F/M ETAR Compacta na Região Autónoma da Madeira


 A ARM - Águas e Resíduos da Madeira SA, adjudicou à SITEL o fornecimento e montagem de uma ETAR compacta em Curral das Freiras  para 500 hab/equiv. e todos os equipamentos de pré tratamento associados, tais como:


  • Grupo electrobomba submersível;
  • Tamisador/compactador;
  • Compressor;
  • Comportas murais;
  • Sistemas de desodorização por carvão activado.

 Obradeentrada_ETARCurraldasFreiras


Obradeentrada_ETARCurraldasFreiras_2 

ETARcompactaCurraldasFreiras 

 


 

 Sistema Adutor e Armazenamento de Água de Monte Gordo

 

 A SITEL SA encontra-se a executar todos os trabalhos relacionados com a parte electromecânica referentes à empreitada "Sistema de Adução e Armazenamento  de Água de Monte Gordo" cujo dono de obra é VRSA Sociedade de Gestão Urbana EM, SA e que tem como finalidade abastecer de água potável a freguesia de Monte Gordo.

 

A  empreitada tem por objectivo a execução de uma conduta adutora com aproximadamente 3 km de extensão em FFD DN 800, incluindo  1 reservatório constituído por 2 células rectangulares de 5000 m3 cada e 1 câmara de manobras adjacente onde estão instalados diversos equipamentos tais como: uma central elevatória com 6 bombas com um caudal unitário de 55,33 l/s a 60 mca, 1 sistema de doseamento de doseamento de cloro e ainda um centro de comando.


O reservatório  é alimentado por uma conduta adutora em FFD DN 600, que descarrega directamente nas cálulas do reservatório sendo esta entrada controlada por meio de válvulas de borboleta motorizadas. A concentração de cloro é analisada no colector de adução às bombas sendo depois corrigida na tubagem de saída.


De salientar que esta instalação estará equipada com um sistema de supervisão e telegestão geral que concentrará a informação de 42 outras instalações incluindo estaçõe elevatórias, reservatórios e ETA.


 SistemaadutorMonteGordo_1 SistemaadutorMonteGordo_2

 



F/M de Equipamentos de Processamento de Residuos Verdes e Floresta

 

A ARM – Águas e Resíduos da Madeira S.A adjudicou à SITEL o fornecimento e montagem de equipamentos de processamento de resíduos verdes e florestas, bem como a elaboração do projecto de uma nova fase. Os equipamentos fornecidos incluíram:

 

  • Um triturador de verdes marca Husman modelo VI preparado para o processamento de resíduos orgânicos e inorgânicos, contendo uma tremonha com abertura de 850mm que permite triturar troncos com 45cm, e respectivo quadro eléctrico;
  • Uma manobradora Marca Minelli modelo M240 robusta com 4 estabilizadores integrados 2 dianteiros e 2 traseiros, com cabine levantamento paralelogramo, ajustável. Com garra multiusos rotativa, bem como o respectivo quadro eléctrico.
     

     
     Trituradorderesíduosverdes_1 Trituradorderesíduosverdes_2






Lagoas Park - Substituição de Chillers


Foi adjudicado recentemente ao departamento de AVAC da SITEL S.A. por parte da TDGI, a empreitada “Lagoas Park - Substituição de Chillers” cujos trabalhos consistem na remoção de 24 Chillers a gás natural e respectiva substituição por 16 Chillers eléctricos novos com adaptação dos traçados de tubagem de 5”, bombas e válvulas, em 8 edifícios localizados no centro de negócios do Lagoas Park em Porto Salvo, no valor de mais de 1.200.000,00 €.

 

P1040352.JPG

P1040356.JPG 


A primeira fase dos trabalhos decorreu entre os dias 22, 23 e 31 de Dezembro último, com o cumprimento do prazo a que a SITEL estava obrigada, ou seja com a instalação de 4 chiller`s e respectiva colocação em funcionamento pleno de 2 (1 no edifício 8 e outro no edifício 12) até ao dia 31 de Dezembro de 2012, de forma a garantir aos utilizadores dos edifícios (Oracle, Odebrecht e Cisco) a continuidade das condições de conforto térmico adequadas.


Para a execução dos trabalhos em causa foram mobilizados vários meios técnicos e humanos, que implicaram uma grande coordenação entre si de forma a evitar-se “tempos de paragem” para desta forma se dar cumprimento ao prazo estabelecido.

 

 P1040374.JPG

P1040392.JPG 

 

Os trabalhos decorreram de forma bastante satisfatória tendo superado as expectativas do cliente, dado que conseguimos remover 5 dos antigos chillers e colocado 4 dos novos, nas coberturas dos edifícios em causa, ficando em funcionamento pleno no dia 31 de Dezembro 1 chiller em cada um dos edifícios tal como referido anteriormente.


A instalação das restantes unidades ainda se encontra em curso agora a um ritmo menos acelerado tendo contudo como data para a colocação em funcionamento pleno dos 4 chiller`s até dia 11 do corrente mês e a conclusão de acabamentos, revestimentos, pinturas e limpeza geral até ao próximo dia 25 de Janeiro. 

 

14.01.2013

___________________________________________________________________________

 

 

Inauguração da expansão do Oceanário de Lisboa no passado dia 7 de Abril de 2011

 

Treze anos após a edificação do Oceanário de Lisboa, infra-estrutura esta executada no âmbito da exposição mundial realizada em Lisboa em 1998, surge agora um Projecto de expansão do mesmo.

 

Ao abrigo deste Projecto, foi adjudicado á SITEL a empreitada de AVAC e LSS ( Life Suport System–Sistema de suporte de vida para as espécies aquáticas). 
     

 Oceanário1.jpg

 Oceanário2.jpg

    
Para o efeito, foi construído um novo edifício anexo ao principal, que é composto por uma Sala de Exposição temporária, um Auditório, um Restaurante, uma zona para a Biologia e as respectivas centrais técnicas. 

 

O sistema LSS (Life Suport Sistem) foi desenvolvido em parceria entre a SITEL e o Oceanário de Lisboa, visto existir uma experiencia nesta área que é distinta.
    

 Oceanário3.jpg

 Oceanário4.jpg

    
Na  sala de exposição temporária é onde está instalado o referido LSS (Life Suport Sistem), que consiste na criação de um sistema marítimo, com condições iguais ao habitat natural das espécies.

 

Este mesmo sistema possui a seguinte composição: um sistema de bombagem, que cria uma corrente no tanque; um sistema de filtragem para partículas; um sistema de ozono, que faz a produção e injecta ozono na água salgada; um sistema de climatização da água salgada, para a aproximação da temperatura ao habitat natural e finalmente desempenha ainda a função de  controlo e visualização de parâmetros importantes do sistema. 
     

 Oceanário5.jpg

Oceanário6.jpg 

    
Por sua vez, o sistema de climatização do ambiente é feito, a partir de unidades de tratamento de ar que se destinam a servir os diversos espaços, onde algumas das zonas são dotadas de unidades terminais, do tipo ventiloconvectores de complemento ao sistema.


O sistema de produção de água gelada e de água quente, é fornecido pela central de produção de energia térmica instalada no parque das nações.  
       

 Oceanário7.jpg

 Oceanário8.jpg

    
Procedeu-se também à instalaçãode um sistema de recurso, um chiler bomba de calor a 4 tubos de modo a manter inalteraveis as condições ambientais da Sala de exposição.

 

O edificio tambem dispõe de um sistema de desenfumagem atraves de ventiladores de desenfumagem e de pressurisação, bem como, claraboias e selagens corta fogo.

17.05.2011

___________________________________________________________________________

 ALGAR.jpg

Entram em funcionamento as unidades de triagem do Sotavento e do Barlavento executadas pela SITEL

 

Entraram em funcionamento no passado mês de Janeiro as duas estações de triagem automáticas de embalagens da ALGAR, localizadas em Loulé e em Portimão, cujo fornecimento e montagem esteve a cargo da SITEL.

 

A tecnologia adoptada foi inovadora, tendo-se utilizado pela primeira vez um único separador óptico para separação dos vários tipos de embalagens (PET; ECAL; PEAD; PLÁSTICO MISTO; ALUMÍNIOS), com uma capacidade de 2,5 ton/h.

 

Com um único separador óptico para os 5 tipos de produtos conseguiu-se uma diminuição de espaço nas Instalações, tornando-se uma unidade muito compacta, factor importante na decisão da tecnologia a adoptar neste tipo de Instalações.

 

A montagem decorreu num tempo muito curto e tratando-se de ampliação de unidades já existentes, houve sempre a preocupação de nunca paralisar as duas triagens em simultâneo.

 

São até agora as primeiras e as únicas Estações de Triagem de Embalagens a funcionar em Portugal, com esta tecnologia.
    

30.03.2010

___________________________________________________________________________

 

SITEL executa obra de pipelines de interligação da AMS-Goma Camps com a CELTEJO em Vila Velha de Rodão  

 

Em 2009 a AMS-Goma Camps adjudicou à SITEL o fornecimento e construção de quatro pipelines de interligação com a CELTEJO. A AMS está sediada em Vila Velha de Ródão e é uma nova fábrica de papel “tissue” para o mercado Nacional e para exportação. A matéria-prima (pasta de celulosa) será fornecida pela CELTEJO através desses pipelines.

 

Das quatro condutas instaladas, duas são em PEAD (polietileno de alta densidade) com diâmetros de 180 (1800 m) e 250 (1500 m) respectivamente. A primeira fornece água fresca à fábrica; a segunda retorna o efluente líquido à CELTEJO para posterior tratamento.

 

PIPELINESAMSGOMACAMPS

 PIPELINESAMSGOMACAMPS2

 

As duas outras condutas, em Aço Inox 304L, têm diâmetros de 10” e 12” respectivamente (ambos de 1500 m). A primeira transporta a celulosa diluída em água (consistência de 1,5%) para a fábrica e a segunda retorna a água depois do processo.

 

Cada linha está equipada com a respectiva estação de bombagem, sistema de medição de caudal, de consistência, de pH e de condutividade, além da instrumentação habitual (temperatura, pressão e nível dos reservatórios).

 

O grande desafio que a Sitel teve de enfrentar foi o de realizar estes pipelines num tempo recorde de cerca de dois meses de calendário, entre Junho e Agosto de 2009.

 

24.09.2009

___________________________________________________________________________

 AguasdoMondego.jpg

A ETAR de Vil de Matos foi inaugurada no passado dia 06.09.2009

 

Foi inaugurada no passado dia 06.09.2009 a ETAR de Vil de Matos, pertencente à Águas do Mondego, cuja concepção/construção esteve a cargo da SITEL SA conjuntamente com as suas consorciadas Lena Construções, Tomás de Oliveira e Filipe Silva Martiano.

 

 ETARVILDEMATOS1.jpg

 ETARVILMATOS4.jpg

 

A ETAR foi dimensionada para tratar um caudal de 242 m3/d, correspondente a um equivalente populacional de 1500 hab, tendo sido adoptado um tratamento biológico por lamas activadas em regime de arejamento prolongado com nitrificação/desnitrificação intermitente.

 

A exploração da ETAR está a cargo do consórico durante o seu primeiro ano de funcionamento, fazendo esta parte integrante da empreitada.

07.09.2009

____________________________________________________________________________

 ALGAR.jpg SITEL S.A E SOTECNISOL S.A vencem concurso para Automatização das Estações de Triagem da Algar

 

A SITEL SA conjuntamente com a sua consorciada a SOTECNISOL SA, ganhou o concurso para o fornecimento e montagem dos equipamentos de automatização das estações de triagem do Barlavento e do Sotavento, situadas no Concelho  de Portimão e de Loulé respectivamente, pelo valor de 3,1 milhões de euros, cujo Dono de Obra é a ALGAR – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos SA.


O consórcio apresentou um projecto base para a automatização das linhas existentes de triagem do Barlavento e Sotavento, sendo a capacidade nominal a instalar em cada uma das estações de triagem de 2,5 ton/h. Enquadrando-se estes projectos no Quadro de Referência Estratégico Nacional.

09.07.2009